/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Sexo.

13/11/2010 , ,

O que vou dizer agora eu custei em criar coragem pra postar aqui. Mas não aguentei e tive que desabafar.

Antes de transar pela primeira vez, achava que o sexo era algo de outro mundo. Algo incomparavelmente prazeroso, sublime. Algo fácil de se fazer. Algo tranquilo. Os filmes da Randy Blue, Corbin Fisher e Sean Cody me davam essa impressão.

Pois no início deste ano, todos esses paradigmas foram quebrados.

Foi na minha casa. Estávamos nos beijando… e o negócio foi esquentando, surgiram volumes… tiramos a camiseta, e as bocas começaram a tocar áreas críticas, como orelhas e mamilos… até que…

“Cadê as camisinhas?” – disse. “Putz… não sei onde as coloquei… e meus pais estão para chegar… e agora?”

Fomos correndo numa farmácia próxima. Ele, envergonhado, ficou esperando do lado de fora.

Voltamos. Começamos tudo de novo… beijos, carícias…

Naquela vez, fui passivo. E até que estava bom. Mas não consegui ficar relaxado, porque estava preocupado com a possível chegada dos meus pais. Nós dois estávamos tensos. Acabou que nenhum de nós gozamos.

Me senti muito estranho… aquela coisa de começar e não terminar. Igual quando estou tomando um sorvete delicioso e, na metade, acabo derrubando-o no chão. E pensava: “Puxa. Então essa foi a minha primeira vez?” Também fiquei preoucupado com o que poderia meu namorado pensar. Me senti um bobo.

As outras vezes foram melhores. Foram completas. Mas não foram tão perfeitas e sublimes quanto esperava, idealizava que fossem. Eu não era, nem de longe, tão eloquente (e gostoso) quanto Christian Sharp. Óbvio! E meu ex-namorado, bom… não posso tecer um juízo axiológico, pois meus parâmetros, por enquanto, não possuem fundamentos diversificados…

Aiai...

E o sexo tem seus efeitos colaterais: dor nas costas, dor nos joelhos, dor lá naquele lugar, até uma certa ressaquinha moral, em determinadas situações… sem contar de alguns imprevistos desagradáveis, como “passar cheque”… Eu nunca assinei um. Mas já me passaram um, à vista… e é a coisa mais broxante que um homem pode sentir e cheirar.

Argh!!! Deixa isso pra lá.

Sexo é como qualquer exercício ou esporte. Precisa de muito treino. Treinos seguros e bem selecionados, diga-se de passagem. E higiênicos.

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Nossa cara, fica frio… É normal a primeira vez ser tensa, a minha foi (e olha que nem teve penetração). Eu acho que sexo é uma coisa que deve ser feita com muita vontade, e vc tem q curtir ao máximo, sem preocupações na cabeça… Como vc mesmo disse, um pouquinho de treino melhora, mas eu acho que não se ligar muito na sua performance jpa ajuda muito.
PS: Não esqueça de fazer a chuca da próxima vez, ta?
kkk
Um abraço cara, até o próximo

Júlio César Vanelis

13/11/2010

Huahuahauha!

Vou me defender: não fui eu quem passou o cheque. Mas enfim. No fim das contas, o constrangimento foi mútuo.

SG

14/11/2010

Quando a gente fala que fazer atividades físicas regulares ajudam até no sexo… :p

Mas geralmente, as primeiras vezes só são boas assim quando o seu parceiro é muito mais experiente. No mais, se os dois forem noobs no assunto, vira história até pra rir depois hahaha

Beijo SG!

Lobo

14/11/2010

Huahuahuahua!

No meu caso eu é que era o único noob no assunto!

SG

14/11/2010