/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Cometi um erro irreparável.

23/11/2010 , , , ,

Durante todos os anos que já se foram, os meus momentos críticos sempre se deram entre agosto e setembro. Não sei qual a razão disso. Apenas reparei que, nesses meses, fico meio deprimido. Também percebo que as coisas vão melhorando em outubro, e chegam ao seu ápice lá por meados de janeiro, mantendo-se no alto até maio, junho… E em julho, começa a descer, até agosto e setembro.

Mas neste ano, as coisas mudaram um pouco. Elas continuaram em declínio, após setembro. Mesmo tendo viajado por duas vezes para São Paulo, em outubro; tendo terminado a trabalhosa monografia de fim de curso, em novembro; ter encerrado de vez um difícil relacionamento amoroso, e ter criado consciência sobre mim; mesmo assim, continuo meio pra baixo. Mas eu sei muito bem o que é que me tem deixado pra baixo. E agora, criei a coragem de dividi-la contigo.

Eu cometi um erro, e não o corrigi a tempo. Como eu cometi? Foi assim: certo dia, pensei no que queria ser quando crescesse. Queria ser rico. Ser importante. Ter status. Ouvi bons conselhos, mas os interpretei tendenciosamente. Escolhi Direito como profissão. Me dei conta, logo no início do curso, de que a ciência das leis não era a minha praia. Mas me deixei ficar, e cá estou, a menos de um mês da conclusão do curso, mais frustrado e sem expectativas do que nunca.

Já me disseram que fui muito ingênuo, sem malícia, ou sem atitude, ao me manter estudando algo que não me inspirava. Num primeiro momento, discordei dessa opinião, convicto de que essas coisas não são tão simples assim, do tipo “não gostei, vou parar de brincar”. Contudo, fui pensando e vi que, realmente, eu deveria ter parado de brincar.

Por isso a minha falta de entusiasmo com minha formatura. Estou escrevendo este post da biblioteca, lugar ao qual me dispus a ir, a fim de tentar estudar para a última prova de Direito Sucessório. E, como você pode perceber, não é isso o que estou fazendo. Simplesmente não me entra na cabeça todas as teorias. Não suporto mais estudar! Estou achando tudo muito chato! Só para exemplificar isso tudo, comprei um livro de Direito Sucessório em março deste ano, e só fui abri-lo hoje! Nem meu nome eu havia escrito no livro!

Há momentos, como agora, em que me dá uma grande vontade de jogar tudo para o alto. Mas aí a loucura passa, a lucidez volta, e vejo que desistir seria ainda pior. Afinal, falta menos de um mês para a formatura. Eu tenho convicção de que devo me formar. É o que todos esperam de mim, principalmente os meus pais. Aliás, sempre dei muita importância para a opinião e a aprovação dos outros. Talvez esteja  nisso a razão de eu ter cometido esse erro irreparável. Tá. Corrijo: erro difícil de ser reparado.

Não tenho ideia do que vou fazer do meu futuro, depois de formado. E na verdade, por enquanto, nem quero pensar nisso. Desde o início deste ano, formulei prioridades e metas. A que estou tentando cumprir é a meta da formatura. E só isso. Nada mais, nada menos. Deixarei o Exame de Ordem e os concursos públicos, ou uma nova faculdade,  só para 2011, e olhe lá. Terei as férias inteiras para pensar a respeito e a decidir, definitivamente, o que eu quero da vida.

Enquanto isso, ficarei aqui, estudando da melhor maneira possível, tirando notas suficientes nas provas, e blogando. Sempre blogando. Porque blogar, essa sim, foi uma das mais acertadas escolhas que fiz na vida.

_____________________________________________________________________________________________________________________________-

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Olha, crise de profissão desse jeito é uma coisa muito séria. Mas sempre tem alguma coisa, ainda mais em Direito, com campo de trabalho enorme, que nos fascina em todos os cursos. Já pensou em procurar orientação profissional? (È semelhante a orientação vocacional, mas, nesse caso, é para pessoas que já estão formadas ou em curso). Ajuda muito.

De qualquer forma, concentre-se em terminar a faculdade e descansar. Deixe as novas metas pra 2011.

Beijos

Gui

23/11/2010

Isso é crise de fim de curso. Acredite. Eu passei por isso também, apesar de amar as coisas que estudei (exceto a matéria de qualidade >.<). Só te digo para não desanimar porque o direito abre um leque de oportunidades de trabalho, diferentemente do meu acurso que é só indústria, ou universidade =p
Agora pare de reclamar e vai estudar! Folgado! hahaha

Tar

23/11/2010

Vai passar… ñ se preucupe! bjos

loveandglamour

23/11/2010

Cara, talvez o problema seja menor do que você pensa… Se você aguentou chegar até o final do curso, é pq vc ainda deve ter esperanças de aproveitar os conhecimentos que vc desenvolveu em uma coisa que te dá prazer!!! Estou certo de que você terá sucesso nisso… Uma das coisas que mais me fascinou quando entrei na faculdade foi a multiplicidade de conhecimentos a que temos acesso.
Não encare isso como uma escolha errada, mas sim como um can=minho mais longo… E qual o lado bom disso? No final do caminho mais longo, vc está mais experiente do que o cara que foi pelo atalho…

Um beijo… Parabéns pela formatura!!!
Até o Próximo

Júlio César Vanelis

23/11/2010

Acho que todos passam por isto. Na minha turma, fui um dos últimos a me formar por causa do trabalho e vi quase todos passando por isto. Eu sofri ainda mais porque meu curso foi escolhido por eliminação, não por vocação. Queria fazer um curso que só tinha numa particular. E não tínhamos $ pra pagar.

Bem, me formei há 3 anos, sou empregado na profissão que me graduei, mas que, na prática, exige pouco do que vi na faculdade.

O trabalho não é o melhor dos mundos, a grana é boa e me proporciona um bom nível de qualidade de vida.

Às vezes penso em jogar tudo pro ar e tentar algo novo. Mas nem sei o que. Então acho que não vale a pena arriscar.

O saldo? Pra vc? Bem, vc ainda é mto novo para se condenar por uma decisão errada… não tem de passar o resto da vida se martirizando por isto. Olhe pra sua vida: vc ainda tem mais futuro que passado. Se forme, descanse, relaxe… dê um tempo.

Vai que isso passa? Aí vc começa a pensar nos próximos passos na profissão.

E se não passar? Ao invés de servir de motivo pra tristeza, que sirva de impulso pra te fazer correr atrás do que quer!

Beijoooo!

inconstanteblog

23/11/2010

tsmbem nao sou fã do meu curso e tampouco quero trabalhar na área de publicidade.
tenho sequer uma vaga ideia do que quero mesmo fazer nessa tal vida profissional. estamos na mesma, guri. nao acho que seja ‘crise de fim de curso’, mas enfim.

eu tambem to me formando só porque ja estava no final e por respeito ao investimento da minha mãe. mas pegando o diploma, eu lanço meu adeus à publicidade.

meus planos vão um pouco além. um grande plano pro ano que vem. acho saudavel voce fazer um pra si mesmo também. não sobreviva só deste plano de se formar. trace um maior, mais significativo, e depois deixa ele guardadinho aí na sua cabeça, enquanto se concentra em resolver este, mais urgente. é o que eu acho.

boa sorte pra nós!
vou sumir um pouquinho, volto logo. se cuida!

[j]

Joe

23/11/2010

Tb sou formando em Direito e já passei pela mesma situação que vc está passando agora. Ah, tb sou gay… Então fofo, o babado é o seguinte: não se desespere! Não gosta de manusear processos e trabalhar naquele ambiente forense? Não há problema algum. Há soluções! Faça concurso pra Oficial de Justiça(de preferência Federal). O salário é uma maravilha e eles só trabalham 1 dia por semana. Sim, na prática a gente só trabalha 1 dia por semana. Agora se o senhor quer passar bem longe de qualquer Fórum, faça concurso pra Oficial de Chancelaria(mas precisa falar inglês viu…) Tia Dilma e tio Lula mandaram um PL pro Congresso criando 1000 cargos de Oficial de Chancelaria(PL 7579/2010). Veja bem, tô falando de Oficial de Chancelaria e não Diplomata. Esse concurso acontecerá a partir de 2011 e todos os 1000(mil) ofchan`s trabalharão no EXTERIOR!(um luxo né!!!) Bem, enquanto vc não se decide sobre o seu futuro, compra umas Sinopses Jurídicas e vai treinando umas peças pro exame da Ordem. 😉

André

24/11/2010

@ Todos

Obrigado pelas palavras de apoio. Mas o fato é que, realmente, escolhi o curso errado, e continuei errando, me mantendo nele.

Enfim. Agora é tarde pra ficar lamentando a péssima escolha. Estou, agora, procurando não pensar muito à frente, para não sofrer ainda mais. Meu objetivo presente é tão somente a formatura.

Vou refletir com carinho todos os seus conselhos. E, ano que vem, se Deus quiser, já terei traçado algum plano.

Beijos a todos!

SG

24/11/2010

– Não se preocupe, pelo que eu já li aqui. você ainda tem menos de 25, certo?

– Aos 26 anos, percebi a simploriedade da minha vida profissional. Respirei fundo, agora sem a obrigação de agradar ninguem além de mim mesmo e escolhi fazer outra formação … as coisas estão se arrumando.

BsVox

24/11/2010