/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Emmanuelle.

07/02/2011

E então, me veio à cabeça a primeira vez que tinha sentido um orgasmo.

Isso foi no século passado, em 1998. Estava na sala, tarde da noite, assistindo Emmanuelle na Bandeirantes (Sábado em Hollywood)… estava de bruços, e comecei a roçar em algumas almofadas… fui roçando… roçando… até que… senti um troço esquisito, inédito e indescritivelmente gostoso. E não quis parar mais. Emmanuelle tinha terminado, assisti ao filme do Cine Privê, e acho que tinha ficado nessa de roçar nas almofadas por umas doze vezes seguidas (!).

Nem sabia que aquilo chamava-se “orgasmo”. Definia a sensação como “coceirinha gostosa”.

E eu, com 10 anos, vendo mulheres nuas se engalfinhando com homens (cadê o poder parental, meu Deus?). Naquela época, não estava muito ciente sobre minha sexualidade (como todo garoto de 10 anos). Eu curtia assistir àqueles filmes héteros podres do Cine Privê. Emmanuelle era melhor e mais tórrido (nunca entendi por que passava mais cedo). Meu pai sabia que eu assistia a esses filmes, e acho que me deixava fazer isso, naquela coisa de “criação de um macho”.

Assim, finalmente, com 11 anos, descobri, definitivamente, que eu era gay. Como eu descobri? Quando Emmanuelle se atracava com um marinheiro, na casa de máquinas de um navio, e meus olhos não saíam daqueles músculos suados e muito bem definidos…

Continuei apreciando o Cine Privê. Só que com outro foco. Sob um delicioso álibi.

E, se você me disser que não sabe quem foi Emmanuelle…

…você não é macho de verdade.

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

kkk. Entrou pro clube! Quem nunca bateu uma pra Emmanuelle…Oh Emmanuelle…

Cássio Leal

07/02/2011

Isso era tão fake que me dava dó! Como filme são todos eunucos então não aparece nada! hahahaha Mas eu também assistia com um foco diferente em relação aos outros homens XD

Tar

07/02/2011

Nossa, pra uma série fraca como aquela até que a audiência era grande hein?
Abraços!!!

Jean Borges

07/02/2011

Ih… Não lembro da Emanuelle… Só do cine privé. Mas meu primeiro orgasmo foi com alguma mulata de escola de samba na TV… 2 gotinhas hahaha. Mas eu já tinha noção do que era. Gala. Era assim que denominávamos lá onde nasci =D

Ah, e nem fiquei preocupado em não ser um macho de verdade… Ser um gay de verdade me anima muito mais =D

Um xêro!

in.Constante

07/02/2011

Huahauhauah!

SG

07/02/2011

quem nunca, ne?
quem nunca pegou o VHS de filme porno que o irmao escondia debaixo do colchao e botou no video cassete so pra reparar nos pintos frenéticos que embalavam o prazer daquelas loiras peitudas com unhas postiças pink enormes?

bons tempos (?).

btw: eu chamava de “dorzinha que vinha depois de uma sensação gostosa”. grande assim. hehe

[j]

Joe

07/02/2011

kkkkkkkkkkkk…. “coceirinha gostosa”… Realmente essa sensação é ótima….
Caraca, acho que emmanuelle ja é até avó, afinal francamente, todo cine privê daquela época só dava ela…
Quantas vezes eu não assistia ansiando ver algo mais detalhado, mas só era perca de tempo…
Forte abraço!

Ro Fers

07/02/2011

Lembro dela, mas nunca cheguei às vias de fato por causa dela. Eu era muito novo pra isso. Entretanto, minha primeira ejaculação não teve nenhum estímulo visual (imaginei tudo na minha cabeça mesmo) e, infelizmente, eu ainda achava que era hétero naquela época. Umas duas ou três ocasiões depois foi quando eu descobri que havia alguma coisa de errado com a minha imaginação…

Thiago

08/02/2011