/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Prudência.

05/04/2011

Eu realmente achava que poderia publicar o que bem entendesse, por aqui. Ou melhor. Achei que estava sendo prudente o bastante. Confiei no relativo anonimato. Pensei que soubesse dos limites. Mas eles se mostraram bem mais restritos do que pareciam.

Quando você divide o fato de que tem um blog com alguém, começam a surgir inúmeras responsabilidades. Porque o blog acaba se tornando em um livro aberto de si mesmo. Disponível 24 horas para qualquer um ler. Isso por um lado é bom. Faz jus ao propósito do blog. Mas, quando o que se coloca aqui atinge pessoas próximas, muito mais próximas do que a distância entre monitores possa parecer, aí, tudo ganha contornos muito mais obtusos.

Quando, tempos atrás, revelei quem sou, tive a oportunidade de conhecer quem me lia. Pude ter contato com outros autores. Foi positivo. Mas, se vocês perceberam, excluí esse post, por precaução. A internet é um campo vasto de inúmeras possibilidades. Boas e ruins.

Prudência. É isso o que se demonstra relevante. A partir do momento em que, deliberadamente, decidi compartilhar a existência deste espaço aqui, com pessoas próximas, deveria ter tido mais prudência ao publicar coisas. Deveria ter, antes de apertar o botão “Publicar”, conversado com certa pessoa para prepará-la. Para cientificá-la sobre minhas intenções. E não ter jogado na internet relatos sobre minha recente desventura amorosa, jogando a verdade da pior maneira.

Acredito que, mais do que prudência em publicar textos, é preciso parcimônia sobre a quem você divulga a existência do blog. Da mesma forma que se tem cuidado ao partilhar um segredo com alguém.

Enfim. A gente vai aprendendo com os erros.

Um abraço cheio de braços.

SG.

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Isso é uma merda. Já passei por isso, você lembra, não é? Fato que agora não divulgo meu blog pra nenhum amigo que já não tenha conhecimento. Se o povo da Internet encontrar, paciência. Coloquei só metade da foto e tirei meu nome todo. Puramente por defesa.

Beijos, estamos com você!

Gui

05/04/2011

Já passei por uma situação parecida… Mas na ocasião, eu submeti o meu post à censura da pessoa, e ela aprovou… Logo, eu publiquei…
Realmente, as vezes nos arrependemos de publicar algo, mas quando isso acaba atingindo outras pessoas, é hra de ter mais cuidado…
Eu nem sei do que se trata o post a que vc se refere… Estou meio sumido daqui (vergonha)…

Um abraço, rapaz… Até o próximo

Júlio César Vanelis

05/04/2011

Acho que agora eu entendi seu post anterior.

Abraços SG!

Rodolfo Gaspar

05/04/2011

Isso aqui é uma parte das nossas mentes fixadas em palavras. E existe um motivo pra gente não falar tudo que a gente bem entende.

Temos que ter o mesmo cuidado com o que a gente escreve. Não se castrar, mas tomar cuidado sempre…

Um beijo SG!

Lobo

06/04/2011

Pois é, eu também já fiz algo assim. Talvez por causa disso uma longa amizade tenha acabado por causa do meu blog, mas enfim… A vida não é feita de 100% de acertos.

Bjo e abraço, x)

Jovem Urso

09/04/2011