/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Montando a vida.

23/05/2011

Morar sozinho tem sido um desafio. Lidar com o orçamento, então, nem se fala. Andei exagerando no cartãozinho de crédito… mas isso, a gente resolve depois. Tá tudo sob controle (o aluguel e a fatura serão plenamente saldados – com algum sacrifício, mas saldados)…

O fato é que, neste início de mudança, tive gastos maiores. E no início da vida a sós também… Nunca havia comprado coisas como panelas, ferro de passar, vasilhas de plástico, vassoura, rodo, sabão em pó, técnico do telefone, chaveiro, IPTU, condomínio… Mas confesso que passei um pouco dos “limites” (fui fisgado pelo brilho prateado do MacBook Pro… era meu aniversário… então tasquei o Visa)… Enfim. Devaneios consumistas de quem, há dois meses atrás, não tinha dinheiro nem para comprar um pastel na feira, sem precisar pedir para o papai ou para a mamãe.

Pequenos contratempos orçamentários à parte, estou, aos poucos, recuperando o tempo de ausência na blogosfera. Nesta semana, ficarei no interior do Rio de Janeiro, trabalhando na linha de montagem de caminhões e ônibus. Estou acordando às 4 e meia da manhã, para pegar um ônibus às 5 horas, até a fábrica. E lá, estou ficando horas fuçando e conhecendo a fundo cada canto do conjunto fabril, metendo a mão na graxa literal e lambuzadamente (essa palavra existe?). Jamais imaginaria eu, vestindo um jaleco azul, óculos de proteção e luvas, dentro de uma fábrica de caminhões, montando um eixo traseiro sobre um conjunto de suspensões, e depois, montando um sistema básico de freios a tambor. E por fim, acoplando todo esse conjunto nas longarinas do chassi.

E jamais imaginaria que acharia tudo isso meeeega divertido! Tenho me sentido uma criança, dentro daquela fábrica!

Assim tem sido o meu dia-a-dia. Uma semana, fico em São Paulo. Noutra, vou pro interior do Rio. Um evento corporativo ali e acolá. E nesse vai-e-vém, tento encontrar um tempinho para publicar algo aqui e ler o que outros blogueiros publicam em seus espaços. Nas próximas semanas, as coisas ficarão menos nômades, e me estabeleço de vez em Sampa. Vou instalar internet em casa. E aí, inauguro a fase paulistana deste blog!

Ah. E agora que tem chovido uma garoinha na minha horta, vou ver se dou uma passeada por algumas cidades por aí. Rezar para que São Constantino faça alguma promoção no preço das passagens da Gol…

Tanta gente legal (e que, a princípio, não são psicopatas) que quero conhecer de perto!

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Olha que legal. Andei meio longe daqui, po causa da faculdade. Perdi essa sua fase de transição para São Paulo. Mas pelo visto você tá se saindo muito bem… 😀
Fico realmente feliz por você! Está se consolidando, conquistando seu espaço! E olha, agora que vc mora em São Paulo, nem adianta arrumar mais desculpa. Passagem de avião de SP pro RJ nem é tão cara, vamos ter o maior prazer em recebe-lo aqui!
Toda a sorte desse mundo pra vc, SG! Que essa sua nova fase seja cheia de conquistas e realizações!

Grande beijo… até o próximo

Júlio César Vanelis

23/05/2011

tow imaginando a quantidade de leitores que vc despertou o fetiche com esse papo de macacão e graxa, hauahauhaua

Foxx

23/05/2011

Fsssssssssssssss!

Hahahahahaha!

SG

24/05/2011

“montando um eixo traseiro sobre um conjunto de suspensões, e depois, montando um sistema básico de freios a tambor. E por fim, acoplando todo esse conjunto nas longarinas do chassi.”
Não entendi essa parte……. rsrs

Rafael Pinheiro

24/05/2011

Uai, você virou mecânico? – desculpa a ignorância, mas foi o que eu entendi. Fico contente de saber dessa sua rotina de viagens, queria uma coisa assim pra mim também… É preciso coragem para dar certos saltos quânticos na vida, né não?
Bêjo!

Thiago

25/05/2011

Hahahaha! Por uma semana, sim, eu virei mecânico. Mas meu trabalho é mais administrativo, no escritório em São Paulo. Estamos tendo contato com a linha de montagem, para aprendermos a fundo todas as fases de fabricação daquilo que vamos lidar no trabalho: caminhões e ônibus.

SG

25/05/2011

Acho legal quem trabalha assim, primeiro conhecendo a estrutura da fábrica e depois se voltar para a parte administrativa. Pelo menos tira um pouco daquela fragmentação do trabalho, onde cada um faz uma parte do processo, e só o vendedor é que sabe o que é o produto final.

Abraços

Jovem Urso

14/06/2011