/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Enésima primeira vez.

04/06/2011

Já diz o ditado: a primeira vez a gente nunca esquece. Pois ontem, tive mais uma “primeira vez” para colocar no meu arquivo de situações memoráveis… Andei de carro em São Paulo. Não como passageiro. Mas como motorista.

Estava tranquilo no setor, conversando com alguns colegas de trabalho, e eis que a secretária do meu chefe me diz:

“SG, vou te colocar numa fogueira… como não tem ninguém que vá para o CDP (Centro de Distribuição de Peças) nesta semana, você não quer pegar um carro da frota e ir sozinho para lá?”

E o CDP não fica ali, do lado. Fica numa cidade do interior de São Paulo, a uns 85 quilômetros da capital. Eu não só teria de andar por Sampa, como teria de pegar duas rodovias (Dos Bandeirantes e Anhanguera) para chegar até lá.

“OK. Pode deixar que eu me viro.” – respondi.

Você sabe que eu amo dirigir. E gosto de desafios. Resolvi não pensar muito. Peguei logo e aceitei ir sozinho, de carro, até o CDP. Ativei um “seja o que Deus quiser”, recorri ao fidedigno Google Maps, peguei o carro e fui.

E não foi fácil enfrentar esse trânsito, com a experiência de alguém que tirou carta em fevereiro deste ano, e só dirigiu numa cidade de interior.

Se você perde uma saída, e perdi, não dá para fazer um retorno simples. Tive de dar uma volta enorme, para poder pegar a Marginal do Tietê no ponto correto novamente. A mesma coisa quando perdi a entrada da cidade para a qual iria. Tive de andar mais sete quilômetros, passar no pedágio, fazer o retorno, passar de novo no mesmo pedágio, e só assim, seguir para o meu destino. Coisas de principiante…

E as motos… gen’do céu… elas passam a uns 100 por hora, no vão que fica entre as faixas, buzinando incessantemente. E nos congestionamentos, vivem te cortando a frente. E ainda por cima te xingam, quando não damos passagem. Isso quando não te arrancam o espelho retrovisor.

Uma coisa que já aprendi foi ter pró-atividade no trânsito paulistano. Não tem essa de esperar o outro lhe dar passagem, num cruzamento, num entroncamento ou numa mudança de faixas. O negócio é ligar a seta, olhar no retrovisor e já ir ocupando o seu lugar na selva. Só quando tem um ônibus ou caminhão é que não dá para fazer isso…

GPS? Necas. Até que um colega me ofereceu emprestado, mas não aceitei. Estava sem o suporte, e reputei que o aparelhinho iria mais me atrapalhar do que me ajudar, pelo fato de eu ter de segurá-lo para operá-lo.

Usei mesmo o meu GPSM: God Please Save Me!

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Não sei se me sairia bem… sou tão bom motorista como dizem as más línguas sobre as mulheres na direção! ?(Sei que estatísticamente elas dirigem melhor…) Bjo!!!

Jean Borges

04/06/2011

E chegou? e deu certo? eu também sou a favor de uma certa pró-atividade educada no trânsito, você vai dando uma ocupadinha, se o outro for deixando, cê ocupa um cadinho mais, dá uma buzinadinha em agradecimento, tudo muito inho.

hehe legal sua sigla para GPS 😛

Olha, hoje estou acostumado com o ritmo frenético de um trânsito de cidade grande. Assim como você saí de uma cidadezinha onde andar de carro era mais tranquilo do que à pé.
Sofri com uma mudança brusca, principalmente com as motos, que peloamor! são completamente loucas e invasivas haha.
Mais é isso aí, temos que seguir nosso instinto, e nos adentrar nesse jogo, afinal, fazemos parte de um grande centro.

beijo

leo

04/06/2011

Eu teria chorado. E eu dirijo há 3 anos.

[j]

Joe

06/06/2011

Definição do trânsito de Sampa: demoníaco!!

Quando tirar carta, eu tomo coragem pra andar em Sampa… de moto, xD

Abraços! o/

Jovem Urso

15/06/2011