/SOUGAY

/SOUGAY

Gay. Post por post.

You can scroll the shelf using and keys

Descanso.

03/10/2013

gay

Música rolando nos headphones, 01:53 da manhã, estou aqui, escrevendo. Coisa impossível de ocorrer em tempos normais, vez que, desde segunda-feira, estou de férias.

Todos e tudo merecem descanso. Eu, você, nossos sapatos, nossos corações. Os últimos tempos têm sido muito difíceis. A vida amorosa, protagonista de todos os dramas diários, está em descanso, também. Um descanso que traz, consigo, a solidão.

Madrugada. E a solidão é o sentimento que mais se destaca. Talvez por isso que, digo, é por isso, que retomei a digitar por aqui. O blog foi vítima da minha ingratidão, abandonado enquanto eu me ocupava com outras coisas, o que nunca deveria ter acontecido. Foi graças a este pedacinho da internet que consegui suportar e ultrapassar as barreiras tristes da solidão e da frustração que me acometiam em 2010 e 2011. Deveria ter sido agraciado com mais reconhecimento de minha parte.

Até constrangido eu fico em desculpar-me contigo, amigo e estimado leitor, depois de sucessivas e descumpridas promessas de retorno.

Deixando isso de lado, todo descanso precisa sair do repouso, e a vida deve continuar na cansativa rotina de acordar, viver e dormir. Preciso retomar o tempo perdido sem dar notícias por aqui, e, por isso, vai abaixo uma resumida lista do que aconteceu comigo, nos últimos tempos:

  1. Fui efetivado na empresa em que era trainee.
  2. Fiz vários amigos em São Paulo, com os quais saio para andar de bike, ou ir ao cinema, ou jantar – seja fora ou na casa de algum deles, ou na minha casa.
  3. Comecei a fazer pós-graduação na área em que sempre fui apaixonado: indústria automotiva.
  4. Comprei uma scooter, sem ter habilitação para moto (sei que isso é loucura, mas foi a melhor que já fiz).
  5. Estou aprendendo a controlar melhor as finanças pessoais, começando com o cancelamento voluntário do meu cartão de crédito.
  6. Estou solteiro.
  7. Recebi uma declaração de amor, à qual, infelizmente, não pude corresponder.
  8. Estou de férias (ops, já falei isso lá em cima).
  9. Vou viajar para um lugar que nunca fui (depois, conto mais).
  10. Nunca estive com minha auto-estima tão alta como agora, mas ainda há um longo caminho à frente, nesse tema.

É isso. Como final deste post, fique com a música que está tocando neste exato momento. Um beijo, um abraço, ou um aperto de mão.

Advertisements

Nem pense em sair daqui, sem comentar!

Please keep your comments polite and on-topic.

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

comments

Olá!
A vida continua. O foco em outras coisas também. A vida nos dá muitas alegrias e as tristezas acontecem para sabermos dar valor para as alegrias. Quantas coisas boas listadas neste post! O relacionamento será uma consequência! Você vai ver!!!

Um abraço de “amigo” unilateral! hehee

tenchionline

05/10/2013

Bacana receber suas noticias…
Tire habilitação, para você poder andar sem medo, e tome cuidado que moto é osso, embora tive moto por 08 anos e só me acidentei uma vez.
Auto estima é essencial para tudo.
Abraços!

Ro Fers

06/10/2013

A solidão machuca, mas as vezes tbm e’ construtiva. Nos torna mais introvertidos, o q por sua vez nos deixa mais capazes de expressar nossos sentimentos. N e’ a toa que quase todos os grandes escritores foram pessoas solitárias. E escreveram obras primas, antes de enlouquecerem para sempre, ou tirarem a própria vida.

Enfim, vc n precisa desculpar-se por ficar sem postar por um tempo. Se a vida n se encontra tão interessante, deixe-a para vc. Palavras, ainda mais palavras lindas como as suas, n devem ser desperdiçadas. E’ um direito seu, e aliás, vc ficou menos e 2 meses fora. N foi tanto tempo assim.

Pelo que estou vendo, td esta tranquilo e interessante para vc. E concordo com o comentário anterior, em breve sua solteirice já estará com os dias contados. Basta não desesperar-se e seguir vivendo, mas também arriscar-se de vez em quando. Foi assim q uma nova pessoa entrou na minha vida e a tornou mais colorida, em muitos sentidos. Mas esta e’ uma história para mais tarde. Bela música, me lembrou bastante a Florence, só que mais folk? Conheces a regina spektor, pianista russa que vive em nova york? Ela e’ o símbolo máximo dos alternativos e introvertidos, então acho que você também a amaria.

Belíssima foto, aliás. Aguardo ansiosamente pelo dia em que, para mim, deixará de ser apenas uma foto.

Gabriel

06/10/2013